Gestão de Estrangeiros

A expatriação é um processo que requer gestão específica e detalhada, pois leva em conta fatores que configuram diferentes realidades: econômicas, legais, políticas (migratórias e laborais), psicológicas, familiares e socioculturais das pessoas envolvidas e dos respectivos países de acolhida.

 

Autorizações de trabalho para estrangeiros, conforme listado abaixo:


 Professor, pesquisador ou cientista estrangeiro;
 Estrangeiro sob contrato de prestação de assistência técnica e/ou transferência de tecnologia;
 Administrador, gerente, diretor ou executivo com poderes de gestão estrangeiro;
 Exercício de função com poderes de gestão concomitante em empresa do mesmo grupo ou conglomerado econômico;
 Estrangeiro representante de instituição financeira sediada no exterior;
 Estrangeiro artista ou desportista;
 Trabalhador estrangeiro a bordo de embarcação estrangeira destinada a turismo;
 Trabalhador estrangeiro a bordo de embarcação ou plataforma estrangeira;
 Trabalhador estrangeiro na condição de atleta profissional;
 Estrangeiro, vinculado a grupo econômico cuja matriz situe-se no Brasil;
 Trabalhador estrangeiro com contrato de trabalho;
 Tripulante estrangeiro a bordo de embarcação pesqueira estrangeira;
 Investidor Estrangeiro – Pessoa Física;
 Estrangeiro, vinculado a empresa estrangeira, para treinamento junto à filial, subsidiária ou matriz brasileira de mesmo grupo econômico.


Para obter maiores informações sobre o processo de expatriação, continue navegando em nosso site ou entre em contato conosco.